fbpx
coronavírus, pandemia, covid-19, recrutamento digital

Sua estratégia de contratação não precisa esperar a pandemia passar

O cenário de pandemia, ligado à propagação do coronavírus, é certamente um dos mais tristes e complexos da história moderna, exigindo que empresas e profissionais pausem ou adaptem suas atividades. Afinal, como fica a estratégia de contratação de talentos?

Bom, graças à tecnologia, ela não precisa parar. Existem muitos softwares e soluções atuais que permitem que o trabalho de recrutamento seja mantido. Assim, além de manter o fluxo de trabalho diário, poderá gerar ânimo aos profissionais que buscam uma colocação.

Nos tópicos seguintes, explicamos minuciosamente como a contratação pode ser mantida no período de coronavírus, fazendo uso de boas tecnologias. Continue com sua leitura!

Conte com entrevistas por vídeo

No período de coronavírus, se relacionar pessoalmente pode ser um problema. Fazer com que alguns profissionais esperem na mesma sala até o horário da entrevista, também. Contudo, existe uma solução para evitar esse “gargalo”: o software de entrevistas por vídeos.

Ou seja, existem tecnologias elaboradas especificamente para a realização de entrevistas à distância, que podem ser online ou previamente gravadas. Essas entrevistas podem ser salvas, vistas e depois revistas. Além disso, elas costumam contar com funcionalidades que facilitam o trabalho do recrutador, por exemplo: módulos de reconhecimento de emoções com base nas expressões faciais do candidato.

Use testes e provas de proficiência online

Para ocupar o cargo que está vago, o candidato deve demonstrar que é proficiente no que é exigido. Por exemplo, não dá para contratar um gerente de exportação que não fale o inglês com fluência. Felizmente, é possível aplicar provas de proficiência e outros testes online.

Planilha de recrutamento

Nesse caso, há muitas tecnologias úteis. Softwares de análise de perfil comportamental, sistemas para aplicação de provas de proficiência (em inglês, matemática ou outras áreas específicas) e tecnologias para testes adicionais (como de QI ou inteligência emocional).

Automatize o fluxo de trabalho diário

Tradicionalmente, o processo de contratação pode demandar um trabalho “braçal”, o que requer tempo e energia do selecionador. Em época de coronavírus, porém, esse esforço pode ficar mais complicado, até porque muitos selecionadores estão no home office.

Novamente, não há motivo para pânico. O próprio fluxo de trabalho do recrutamento e seleção pode ser digitalizado. Os currículos podem ser triados por softwares e os feedbacks, enviados autonomamente por bots. Assim, o recrutador foca no que é mais estratégico.

Receba e salve os documentos na nuvem

Feito todo o processo de contratação, é natural que precise receber e enviar alguns documentos aos candidatos. Fotos, contrato de trabalho e código de conduta, por exemplo. Novamente, o confinamento pode inibir essa prática, a menos que você use a tecnologia.

Muitas plataformas permitem que documentos sejam salvos e compartilhados na nuvem. Chamada de cloud computing, a nuvem diz respeito a um centro de dados na internet e pode ser acessada com login e senha. Assim, permite salvar e compartilhar qualquer documento.

Veja, agora você está por dentro do tema. Lembre-se que, com boas tecnologias, você pode manter o fluxo de trabalho diário, além de garantir que a experiência do candidato seja positiva. Se ficar com alguma dúvida, tenha em mente que é possível contar com uma consultoria especializada no recrutamento digital.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Aproveite para conhecer mais a fundo o processo de seleção e recrutamento digital e adotá-lo em sua empresa.

Guia completo para a otimização de processos de recrutamento

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa