fbpx

Por que oferecer feedback no processo seletivo e como fazê-lo?

Recrutamento Digital: tudo que você precisa saber em um só lugar!

Pense no feedback como um retorno de informação. Ele é crucial às empresas, pois ajuda a orientar as partes interessadas, identificar erros e promover melhorias pontuais. Também pode ser empregado em processos específicos, como o feedback no processo seletivo.

Ao longo da contratação de talentos, é necessário retornar àqueles que foram aprovados e passaram para a próxima etapa (seja ela técnica ou comportamental) assim como aos que não conseguiram o mesmo feito. Isso resulta em um grande esforço, no intuito de gerar um fluxo preciso de informação.

Nos tópicos seguintes, explicamos por qual razão o feedback é importante no processo de recrutamento e seleção, também destacamos seus benefícios. Continue sua leitura.

Devo usar o feedback, mas por quê?

O processo de recrutamento e seleção (R&S) é essencial às empresas. Ele garante a entrada de novos talentos e o fortalecimento das equipes de trabalho. No entanto, o R&S é composto por uma série de processos menores, como o feedback aos profissionais.

Sempre que um candidato passa por uma etapa da seleção, aguarda ansiosamente por um retorno da empresa. Esse retorno pode ser uma congratulação, cumprimentando-o pelo seu novo cargo, assim como um aviso de que passou para a próxima etapa ou foi eliminado.

De todo modo, o feedback é importante. Abaixo, listamos alguns dos benefícios:

  • orienta os talentos que participam da seleção;
  • melhora a experiência do candidato;
  • retorça a marca empregadora da empresa;
  • elimina ruídos inapropriados à comunicação;
  • promove mais fluidez ao processo de R&S;
  • gera mais pontos de contato com os talentos.

Tendo isso em vista, o correto uso do feedback pode beneficiar tanto os talentos quanto a empresa. Enquanto os candidatos ganham com um processo agradável e bem orientado, a empresa se beneficia com a fluidez adicional e o reforço a sua marca empregadora.

Planilha de recrutamento

Como oferecer um bom feedback no processo seletivo?

Entendida a importância, é hora de compreender como colocar o assunto em prática. Oferecer bons feedbacks não é algo complexo, depende mais de consistência e dedicação do que de técnicas mirabolantes. Mesmo assim, muitas empresas falham em oferecê-lo.

Adiante, oferecemos dicas adicionais. Leia atentamente:

  • imprima o DNA da empresa no que está sendo dito;
  • envie um feedback após cada etapa, informando da aprovação ou rejeição.
  • esclareça os pontos fortes e, se possível, explique o que pode ser melhorado;
  • tome cuidado com o “tom” da mensagem, pois o candidato pode se sentir ofendido;
  • oriente os candidatos aprovados para etapas futuras, com data e horário;
  • oriente que candidatos rejeitados inscrevam-se em processos seletivos futuros.

Sobretudo, é preciso lembrar que você está falando com outras pessoas e que o momento é delicado. Se o candidato passou para a próxima etapa, ótimo. Se não passou, é algo difícil e que pode marcá-lo. Portanto, meça cuidadosamente cada uma das suas palavras.

Como aproveitar a transformação digital?

Na medida em que processos seletivos são maiores e mais frequentes, torna-se mais difícil criar e enviar feedbacks manualmente. Isso resulta em falhas subsequentes, pois alguns dos candidatos deixam de receber o retorno apropriado. Como, então, mudar isso?

O melhor é apostar na digitalização do processo. Aproveite ferramentas digitais para gerar fluidez e conte com a inteligência artificial para promover autonomia. Assim, garantirá que todos os talentos recebam um feedback apropriado, sem sobrecarregar o time de RH.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Lembre-se que o feedback é um retorno de informação. Ele gera uma série de vantagens tanto para a empresa quanto para o candidato, tornando o R&S mais fluido e funcional. Todavia, depende de boas práticas, como a criação a impressão do DNA da empresa em cada feedback e o uso de ferramentas digitais.

Gostou do nosso artigo sobre feedback no processo seletivo, certo? Aproveite para aprender mais com a gente, descubra o que é hunting e como usá-lo na busca por talentos. Vamos lá!

Guia completo para a otimização de processos de recrutamento

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa