fbpx

Fit cultural: saiba o que é e entenda a importância dele para a seleção de candidatos

Recrutamento Digital: tudo que você precisa saber em um só lugar!

Contar com profissionais alinhados e engajados com os objetivos da organização é o desafio de todo profissional de RH. Para ajudar nessa missão, a análise do fit cultural é fundamental para garantir que os funcionários, de fato, possam atender às necessidades do negócio, aumentando as chances de sucesso nas contratações.

Contudo, para poder analisar de forma efetiva o fit cultural entre candidatos e corporações, a sua companhia deve ter claro quais são os valores, a missão e os objetivos organizacionais. A partir disso, é possível avaliar os candidatos e analisar se o perfil deles está de acordo com os objetivos traçados para a vaga.

Ao longo desta leitura, você vai saber o que é fit cultural e a importância dele para a seleção dos candidatos e o sucesso do negócio. Acompanhe!

O que é o fit cultural?

O fit cultural é quando o candidato tem ideias alinhadas com a visão, missão e valores da companhia. Desse modo, fica mais fácil alinhar a cultura de uma empresa com os objetivos de vida do candidato e vice-versa.

Do contrário, isso pode acarretar uma série de razões para que os colaboradores não sejam eficientes em suas funções, culminando em uma entrega baixa e, em casos mais comuns, no desligamento desse profissional da companhia.

Logo, profissionais com um fit cultural alinhado com a empresa têm melhores resultados, pois são integrados mais facilmente à corporação. Isso significa que eles entregam os resultados esperados de maneira mais rápida e também mais eficiente. Essa congruência de valores entre empresa e candidatos é fundamental para que os profissionais se sintam adequadas e confortáveis no local de trabalho.

Por que a análise do fit cultural é tão relevante na seleção de talentos?

Empresas que desejam se destacar no mercado precisam de pessoas que pensam como elas ou, pelo menos, que tenham os mesmos objetivos e valores. Entretanto, você pode se perguntar: “como encontrar pessoas que tenham os mesmos objetivos da empresa?”.

A verdade é que sempre haverá divergências entre os objetivos do negócio e dos funcionários, mas é possível estabelecer e trabalhar uma série de critérios que permitirão que as entregas dos funcionários sejam mais eficientes, contribuindo, assim, para alavancar os resultados empresariais.

Isso acontece porque, quando você contrata pessoas com os mesmos valores, objetivos, linguagem e atitudes que a empresa valoriza, elas se sentem mais acolhidas e motivadas no ambiente organizacional. Como consequência, o clima organizacional se torna positivo, as pessoas se envolvem nos desafios da empresa e passam a produzir mais e melhor.

No entanto, para que isso aconteça, é preciso avaliar além do currículo, onde estão as competências técnicas. É preciso analisar as características comportamentais, a fim de encontrar as pessoas certas para os cargos certos.

Com essas ações, a pessoa do candidato também passa a ser avaliada, além do profissional. Para isso, devem ser analisadas as questões comportamentais, culturais, rituais e regras que o candidato acredita, além de fazer o cruzamento com os valores, missão e visão da companhia.

Outro fator importante é que o fit cultural evita desgastes, tanto para as empresas quanto para os candidatos, já que uma contratação equivocada levará, inevitavelmente, ao desligamento do profissional. Isso traz graves consequências para a empesa e para o próprio profissional.

Outro desdobramento relacionado ao fit cultural é que os colaboradores também são representantes da empresa para a qual trabalham e, assim, também são considerados embaixadores da marca da companhia. Quando a empresa contrata pessoas desalinhadas com os seus objetivos, isso causa disparidade entre a imagem que a organização gostaria de passar para os seus públicos, e aquela que realmente é apresentada.

Portanto, quanto mais afinidade cultural houver entre empresas e profissionais, mais sólida será a marca empregadora, fator primordial para a atração e retenção dos melhores profissionais do mercado.

Como uma etapa de fit cultural em meus processos seletivos pode ser positiva?

Montar uma equipe em sintonia com os valores da companhia traz diversos benefícios estratégicos na condução do negócio. Acompanhe!

Contratações mais assertivas

Ao considerar o fit cultural nos processos seletivos, você aumenta a probabilidade de contratar um profissional mais aderente ao perfil do cargo. Isso, além de aumentar as chances de sucesso dele nas atividades da vaga, ainda contribui com boas experiências para a equipe. Isso acontece porque esse profissional tem tudo para se relacionar bem com os colegas e se adaptar aos processos com facilidade.

Todas essas situações favorecem a criação de uma equipe madura e coesa, além de aumentar as chances da construção de um clima organizacional positivo. Outra vantagem é que, quando você aumenta a precisão das contratações, contribui para que os valores da empresa se tornem mais sólidos, o que assegura a oportunidade da companhia construir uma trajetória de sucesso e se destacar da concorrência.

Engajamento dos colaboradores

Quando você seleciona pessoas alinhadas com as crenças da companhia, aumenta as chances desses profissionais se comprometerem com os objetivos organizacionais, entregando mais resultados, fator fundamental para o êxito do negócio.

Aumento da produtividade e desempenho dos colaboradores

Ao contratar um candidato com os objetivos e valores organizacionais alinhados com os da companhia, ele se sente orgulhoso em fazer parte da equipe. Isso eleva a motivação dele, o que favorece o aumento da produtividade. Você já imaginou ter uma equipe com essas características? Quais seriam os benefícios para a sua empresa?

Portanto, ao analisar o fit cultural dos candidatos, você forma equipes de alto desempenho e que entregam resultados acima da média. Isso acontece porque empresas e colaboradores estão em sinergia.

Redução da rotatividade de funcionários

Com os colaboradores se sentindo conectados com o negócio, isso aumenta a satisfação deles, elevando também o tempo de permanência na organização. Isso diminui de forma considerável a rotatividade, o que colabora para a maturidade do grupo, além de evitar questões como absenteísmo e presenteísmo.

Aumento da sinergia entre os times

Equipes com os mesmos objetivos conquistam melhores resultados porque conseguem produzir juntas. Do contrário, diferenças pessoais e profissionais comprometem toda a estratégia, fadando o negócio ao fracasso. Logo, selecionar perfis com valores semelhantes eleva as chances de sinergia entre os times.

Como fazer a análise de fit cultural da empresa?

Você pode pensar nesse exato momento que alinhar o fit cultural do candidato com as empresas é uma missão impossível. Afinal, esse é um aspecto abstrato e, nos primeiros contatos com o profissional, difícil de mensurar.

Planilha de recrutamento

Para você conseguir atingir o objetivo de identificar o fit cultural do candidato, você precisa conhecer as metodologias específicas para fazer a verificação desses perfis. Além dos valores evidenciados pelo profissional, é válido indagar sobre quais as suas metas de vida, suas prioridades diárias e a forma como constrói seus relacionamentos.

Dessa maneira, você consegue ter uma visão mais ampla a respeito do indivíduo, tendo um diagnóstico sistêmico. Para tanto, você também precisa pensar no momento atual da empresa: quais são as crenças, os valores e comportamentos que sua companhia tem hoje? Caso essas questões não estejam muito claras ou necessitem de mudanças, você precisa ter uma melhor compreensão dessa cultura antes de traçar o fit cultural.

Confira o passo a passo a seguir.

Faça um diagnóstico da organização

Para traçar o fit cultural, você precisa olhar para dentro da organização e apurar informações como:

  • A comunicação interna é mais aberta ou fechada?
  • As atitudes das lideranças condizem com os valores da companhia?
  • As funcionários têm voz ou é algo mais centralizado?
  • Como acontece as tomadas de decisões?
  • Como a organização avalia novas ideias e lida com os riscos? Ela é aberta à inovação?
  • A equipe busca se qualificar para acompanhar as tendências do mercado?

Defina quais objetivos e valores a organização deseja alcançar

Quais os objetivos a serem alcançados? Onde a companhia está e onde ela pode chegar? Para encontrar essas respostas, faça uma pesquisa de mercado e desenhe as características que representam a cultura desejada.

Faça o mapeamento das falhas na empresa

Em quais quesitos a empresa tem falhado sistematicamente e o que pode ser feito para melhorar? Após entender sua cultura, compare com esses gaps e busque práticas encontradas no passo anterior para traçar as melhorias necessárias.

Crie um código de conduta

Um código de conduta, ou um culture code, é um documento que abriga todas as práticas da cultura organizacional da sua empresa. Devem estar descritos nesse documento os valores fundamentais da companhia, a declaração de missão, como trabalhar e viver de acordo com os valores da empresa e outras tradições e crenças compartilhadas.

Ao estabelecer e divulgar um código de conduta, você propaga a missão e valores da instituição, fazendo com que ele seja mais acessível. Assim, esse documento servirá de guia para o fit cultural da companhia e, como consequência, ajudará no recrutamento e seleção.

Reforce os valores e parta para a implementação

Para que essas mudanças sejam efetivas, você precisa garantir que o comportamento dos membros da organização sejam praticados de acordo com o estabelecido. Você só vai conseguir isso com o apoio da liderança. Assim, poderá fazer essa implementação e os ajustes necessários para o sucesso das estratégias traçadas.

Uma boa dica para conquistar o comprometimento das pessoas com os objetivos organizacionais é contar com a ajuda da liderança, para que eles sejam, no dia a dia, promotores dos valores da empresa. Feito isso, é chegada a hora de trabalhar o fit cultural com os candidatos. Veja a seguir como fazer!

Como fazer a análise de fit cultural de um candidato?

Agora que você já traçou o fit cultural da empresa, veja como identificar esses valores e crenças nos candidatos.

Testes de perfil comportamental

A psicologia traz várias ferramentas de testes para avaliar o perfil do candidato, geralmente classificando-o entre variáveis como: influência, dominância, cautela e estabilidade. Você ainda pode contar com softwares para fazer esse diagnóstico.

O teste de perfil comportamental é a melhor maneira de avaliar o fit cultural dos candidatos, pois, por meio deles, você já seleciona os perfis que poderão continuar e aqueles que serão eliminados do processo seletivo. Tenha como parâmetro de comparação os atuais colaboradores da sua empresa.

Entrevista comportamental

Na entrevista você pode avaliar questões de comportamento e relacionamento do candidato, verificando as situações pelas quais ele passou, por exemplo, em empregos anteriores, validando como ele lidou com esses momentos.

Como as pessoas têm a tendência de repetir comportamentos, fica mais fácil compreender o modelo comportamental atual do candidato e como ele pode reagir em situações semelhantes na sua empresa.

Dinâmicas e jogos em grupo

Nas dinâmicas de grupo, crie situações para analisar e observar como o profissional reage diante delas. Em meio a uma situação caótica, por exemplo, ele atua como planejador, executor ou analista?

Código de conduta

O código de conduta é o mapeamento da cultura organizacional e descreve como a organização espera que seus profissionais ajam. Logo, é preciso que sejam considerados aspectos como:

  • estabilidade;
  • orientação para pessoas;
  • inovação e orientação para os resultados;
  • agressividade;

Desse modo, será possível alinhar com maior eficiência a cultura dos candidatos com a organização. Lembre-se de que o uso de muitas técnicas pode comprometer a jornada do candidato, pois a qualidade do processo pode ser comprometida, fazendo-o desistir do processo seletivo.

Portanto, o mais eficiente é encaixar essas técnicas dentro dos processos já existentes. Isso pode ser feito, por exemplo, logo nas primeiras entrevistas, realizando perguntas para verificar o modelo comportamental do candidato. Com isso, você aumenta as chances dele se manter motivado ao longo de toda a seleção.

Como vimos ao longo desta leitura, analisar o fit cultural dos candidatos é fator determinante para garantir o sucesso das contratações, conquistando colaboradores mais motivados e engajados nos objetivos organizacionais.

Assim, esses profissionais elevam as suas entregas, aumentado a produtividade e também outros fatores importantes para o sucesso da companhia, como o alinhamento das ideias, fator primordial para a formação de um time de sucesso.

Para tanto, é preciso conhecer bem os valores e o momento da companhia. Após, é possível traçar o perfil do candidato mais alinhado e que poderá trazer os melhores resultados organizacionais.

Se você gostou deste post sobre fit cultural, confira tambémseleção e recrutamento digital: saiba tudo que mudou no processo“.

Guia completo para a otimização de processos de recrutamento

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa