fbpx
Confira os passos para garantir uma gestão de talentos em TI bem estruturada

Confira os passos para garantir uma gestão de talentos em TI bem estruturada

A tecnologia da informação (TI) é uma das áreas mais proeminentes, hoje, no mundo dos negócios. Além disso, pode resultar em avanços gigantescos para as empresas, dado o processo de transformação digital. Por isso, é crucial fazer uma boa gestão de talentos em TI.

Pense nessa gestão como o ato de encontrar e engajar os profissionais certos, bem como retê-los no quadro de trabalho. Isso gera uma série de vantagens tanto à empresa quanto ao setor de RH e a equipe de trabalho, resultando, em última análise, em competitividade.

Neste artigo, explicamos os passos para garantir uma gestão de talentos em TI muito bem estruturada e potencializar seus resultados. Portanto, continue com a sua leitura!

Contrate as pessoas certas

Primeiro, é importante contratar as pessoas certas. Más contratações promovem uma série de prejuízos à empresa e ao clima de trabalho, dificultando a formação de boas equipes e a retenção dos profissionais talentosos.

Para contratar as pessoas certas, além de um bom banco de talentos, é preciso investir no processo de busca de candidatos com competências técnicas e comportamentais ajustadas ao empreendimento. Assim, as chances de êxito são bem superiores.

Estimule a capacitação contínua

A área de TI está sempre mudando e o time deve aprender continuamente. É preciso absorver novos conhecimentos, além de aplicá-los ao longo do expediente para solucionar demandas específicas. Ou melhor, é preciso estimular a capacitação contínua.

Planilha de recrutamento

Para tanto, vale investir em planos de desenvolvimento individual (PDI), desenvolver programas de capacitação e construir parcerias com instituições de ensino e universidades. Desse modo, você vai investir mais no aprendizado da força de trabalho.

Elabore um bom plano de carreira

Profissionais talentosos têm muitas oportunidades de trabalho, como propostas de emprego e oportunidades para abrir o próprio negócio. Para que não deixem seu quadro de trabalho, o melhor é fornecer uma visão de futuro dentro da empresa.

Nesse caso, deixe claro que é possível crescer na companhia. Construa um plano de carreira que recompense o profissional — em termos de carreira e salário — tendo em vista o seu tempo de “casa” e os resultados entregues ao longo de todo esse período.

Tenha uma boa política de benefícios

Nossa última dica é: construa uma política de benefícios que seja realmente cativante e que mostre seu interesse pelo bem-estar do time de trabalho. Com bons benefícios, além de gerar mais ânimo, você conseguirá transformar os profissionais em promotores da marca.

Felizmente, há muitos tipos de benefícios, tanto financeiros quanto não financeiros. O melhor é elaborar um pacote que reforce a cultura da empresa e que atenda bem ao perfil dos talentos de TI. Assim, terá mais chances de acertar na escolha e gerar engajamento.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Essas dicas, em conjunto, contribuem para a melhoria da gestão de talentos em TI. Além disso, promovem a redução da rotatividade do time, fazendo com que os talentos fiquem mais tempo dentro da organização e entreguem mais resultados. Assim, tanto empresa quanto RH podem ser beneficiados.

Agora, aproveite para aprender muito mais conosco. Siga nossas redes sociais e confira todas as nossas novidades — estamos no Facebook e no Instagram. Vamos lá!

Guia completo para a otimização de processos de recrutamento

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa